AQUISIÇÃO, RESTAURAÇÃO E INSTALAÇÃO DO INSTITUTO JOÃO SIMÕES LOPES NETO



O Instituto João Simões Lopes Neto foi fundado em 20 de agosto de 1999 com o objetivo de adquirir o prédio onde residiu o escritor homônimo entre 1897 e 1907 e fazer dele o centro de estudos, documentação e divulgação da obra de Simões Lopes Neto, além de receber acervo, biblioteca, sala de exposições, auditório e Núcleo de Estudos Simonianos.


A compra da casa do autor de Contos Gauchescos e Lendas do Sul, situada à rua Dom Pedro II, n° 810, foi realizada em janeiro de 2000. Isso só foi possível devido ao projeto de lei de autoria do então Deputado Estadual Bernardo de Souza que tornou a casa bem integrante do patrimônio cultural do Estado do RS. Com o segundo projeto aprovado na LIC, os esforços foram direcionados à completa restauração da casa com recuperação das escaiolas. 


A terceira etapa contemplou a aquisição do mobiliário, equipamentos, materiais e a instalação do auditório do Instituto. Em 9 de janeiro de 2006 o Instituto foi definitivamente instalado na Casa, abrindo-a à comunidade para cumprir seus objetivos: preservação do imóvel, promoção de atividades voltadas ao estudo, à divulgação e à documentação do legado literário de Simões Lopes Neto.