ARTE PÚBLICA 

Pelotas, 2016


Em comemoração ao Biênio Simoniano (2015-2016), em dezembro de 2016 foi instalada na praça Coronel Pedro Osorio uma escultura em tamanho real do escritor João Simões Lopes Neto. Forjada em bronze, a obra é assinada pelo artista mineiro Léo Santana - autor da famosa escultura de Carlos Drummond de Andrade, localizada na praia de Copacabana, hoje um dos pontos turísticos mais fotografados do Rio de Janeiro.


ARTE PÚBLICA 

Pelotas, 2016


Em comemoração ao Biênio Simoniano (2015-2016), em dezembro de 2016 foi instalada na praça Coronel Pedro Osorio uma escultura em tamanho real do escritor João Simões Lopes Neto. Forjada em bronze, a obra é assinada pelo artista mineiro Léo Santana - autor da famosa escultura de Carlos Drummond de Andrade, localizada na praia de Copacabana, hoje um dos pontos turísticos mais fotografados do Rio de Janeiro.


ARTE PÚBLICA 

Pelotas, 2016


Em comemoração ao Biênio Simoniano (2015-2016), em dezembro de 2016 foi instalada na praça Coronel Pedro Osorio uma escultura em tamanho real do escritor João Simões Lopes Neto. Forjada em bronze, a obra é assinada pelo artista mineiro Léo Santana - autor da famosa escultura de Carlos Drummond de Andrade, localizada na praia de Copacabana, hoje um dos pontos turísticos mais fotografados do Rio de Janeiro.


ARTE PÚBLICA 

Pelotas, 2016


Em comemoração ao Biênio Simoniano (2015-2016), em dezembro de 2016 foi instalada na praça Coronel Pedro Osorio uma escultura em tamanho real do escritor João Simões Lopes Neto. Forjada em bronze, a obra é assinada pelo artista mineiro Léo Santana - autor da famosa escultura de Carlos Drummond de Andrade, localizada na praia de Copacabana, hoje um dos pontos turísticos mais fotografados do Rio de Janeiro.